O Sintra Football

Penálti tardio dita estreia azarada para o Sintra Football

O início da aventura do Club Sintra Football no terceiro escalão do futebol português começou com uma derrota por 1-0, frente ao 1.º de Dezembro.

Neste domingo, o desfecho do dérbi sintrense foi alterado já em cima dos 90 minutos, com a equipa da casa a desfazer o 0-0 na marcação de um penálti.

Este primeiro jogo do Sintra Football nos campeonatos nacionais foi sinónimo de sangue novo para a equipa treinada por Rui Santos, que escalou seis reforços para o onze inicial: Filipe Leão, Marco Gomes, Maurício, Sabry, Elvis e Latón.

O técnico, que se mantém no comando da equipa depois do título na Pró-Nacional, montou o já habitual 4x3x3 com um trio de “setas” apontadas à baliza adversária: Sabry e Élvis nas alas e Tino como ponta-de-lança.

A partida acabou por ser pautada pelo equilíbrio, com oportunidades de golo dos dois lados. O Sintra Football “disparou”, sobretudo, com recurso a “tiros” de meia distância, mas o desacerto no remate impediu a equipa de conseguir adiantar-se no marcador.

Já perto do apito final, o Sintra pagou caro o desperdício, sofrendo o golo de penálti.

Onze do Sintra: Filipe Leão; Filipe Gaspar, Marcelino, Marco Gomes, Maurício; Laton, Nuno Sá, Horácio; Elvis, Sabry e Tino.

Daqui a uma semana, haverá a estreia caseira da nossa equipa nos campeonatos nacionais.

Será um duelo de campeões, entre o Sintra, campeão de Lisboa, e o Fabril, campeão de Setúbal.

O jogo está marcado para domingo, às 17h, no Estádio Municipal de Oeiras.

Copyright © 2019 Sintra Football